Facebook limita posts comerciais - Projetual

O Facebook anunciou que vai passar a limitar a presença de posts comerciais (de perfis de empresas) e de páginas de notícia no feed da rede. Isso quer dizer que fotos, links e vídeos postados pelas marcas vão chamar menos atenção do usuário do que costumavam.

Menos posts comerciais, mais conversa

A intenção da empresa com essa decisão é dar mais espaço para a interação entre os usuários. No lugar das postagens comerciais, o que os amigos estão falando, comentando e fazendo terá mais espaço no feed.

No entanto, o alcance dos posts das empresas não precisa necessariamente sofrer impacto, desde que estejam produzindo mais conteúdo interativo.

Segundo o Facebook, o conteúdo que incentive conversas através dos comentários e compartilhamentos não será tão prejudicado, já que a interação garantida por esse tipo de post fará com que eles apareçam mais bem colocados no feed.

A ideia, segundo a empresa, não é de priorizar apenas postagens dos usuários, excluindo a existência dos posts comerciais. A intenção é de dar mais espaços para interações

Há pouco tempo, uma outra medida da rede social impactou o alcance de diversas páginas. Postagens que pediam para que pessoas compartilhassem, curtissem ou marcassem amigos passaram a ter seu alcance diminuído depois que o Facebook considerou que elas apenas serviam para “chamar atenção” e prejudicava o feed dos usuários.

Essas iniciativas apontam que o Facebook está priorizando o papel e a presença dos usuários na rede, oferecendo a ele conteúdos que sejam mais interessantes e com os quais ele vá conseguir interagir. A ideia é também fazer com que as empresas passem a se conectar melhor com seu público.

Sugestões para não perder alcance

Para manter a relevância dentro da rede, as empresas poderão investir em novo tipo de conteúdo que incentive maior interação. Na verdade, o próprio Facebook dá algumas dicas para isso.

A primeira dica é simples: gerar conversas entre as pessoas, o que pode ser feito através de uma variedade de posts mais criativos. Outra dica é investir em vídeos ao vivo, que tem em média seis vezes mais interações – conversas nos comentários – do que os vídeos apenas postados na rede.

Por fim, a última dica do Facebook é usar os grupos da rede. Divulgando o conteúdo público em um grupo privado (de negócios locais, por exemplo) é possível gerar uma interação mais íntima. Na hora de escolher os grupos, também é possível escolher aquele que mais se identificaria com o conteúdo.

 

A Projetual trabalha para que seu negócio tenha os melhores resultados nas plataformas digitais. Confira mais informações e dicas super úteis em nossa fan page e nosso canal no Youtube!

Por redação Projetual.