Marcas na internet - Projetual

Quem é usuário ativo da internet, especificamente das redes sociais, sabe que os assuntos e pequenas tendências vêm e vão. Ficar bem informado sobre tantos os temas e conversas que podem render compartilhamentos e boas risadas dos leitores e fãs exige bastante atenção.

Podemos dizer que, na internet, as coisas acontecem num outro ritmo. Assuntos se popularizam, ganham atenção e apelo de forma muita mais rápida do que acontece na mídia impressa, por exemplo.

Muitos internautas já sabem disso, mas muitas marcas na internet são exemplos de como esse dinamismo pode ser utilizado de forma vantajosa. A web pode até parecer um “universo paralelo”, mas ele é bem semelhante ao nosso.

Abaixo, a Projetual traz uma seleção de empresas que souberam aproveitar bem o conteúdo da web para sua criação de conteúdo, posicionamento e até direcionamento de investimentos. Confira.

A cultura da internet

Como disse Fabrício Calado, do site B9, a internet possui uma cultura própria – mesmo que bastante abrangente -, principalmente no que diz respeito à velocidade que as informações correm, quais tipos de assuntos são pertinentes e como eles são esquecidos.

Ferramentas podem nos ajudar a compreender o que está sendo mais comentado nas redes sociais, como os trend topics do Twitter, o Google Trends ou os relatórios do Facebook.

No entanto, apenas estando dentro e participando ativamente é que as marcas na internet conseguem perceber o que acontece em tempo certo e hábil.

A cultura da web é dinâmica e quase independente, tem seus próprios hábitos e mecanismos. Por isso, para as marcas que procuram marcar presença no mundo digital através de um relacionamento único com seus fãs e consumidores, é preciso “jogar o jogo” da internet.

Exemplos de marcas na internet

Algumas empresas fizeram isso e foram bem recepcionadas. Em suas redes sociais, souberam acompanhar o termômetro da internet em relação aos eventos do mundo, e criaram conteúdo ou tomaram decisões que focando no apoio do mundo digital.

A Heinz é uma empresa que sabe identificar muito bem o que chama atenção dentro da chamada cultura pop – o que está sendo mais falado, comentado, visto e ouvido em meio ao maior número de pessoas que está na internet.

A marca homenageou a volta da série Star Wars, por exemplo, em sua produção de conteúdo e linha de produtos.

Heinz - Marcas na internet - Projetual
Em cartaz, Heinz faz brincadeira usando semelhança entre a palavra “Sauce” e “Force”, para lembrar da frase “May be the Force be with you”. Imagem: Youtube.

A cultura da internet possui seus ícones, que vem e vão em dias ou meses. Uma forma para reconhecer esses ícones é, por exemplo, observar os memes mais populares, que são uma forma humorada de trazer personagens e assuntos diversos sobre uma nova ótica.

A Netflix é outra empresa que soube sempre fazer isso muito bem. Conhecida por sua forma descontraída de se portar nas redes sociais, vez ou outra ela sempre choca seus fãs se utilizando do que acontece e quem está em evidência nas redes sociais de cada país para criar conteúdo de forma diferenciada.

Um exemplo vem do ano de 2016, quando a produção da série Orange Is The New Black chamou a cantora Inês Brasil para participar de um dos vídeos de lançamento da 3ª temporada do programa.

Inês, já conhecida pela internet brasileira, chamou muita atenção para a série e para a Netflix. Veja o trailer abaixo.

Outro conteúdo simples e inteligente que a Netflix utilizou foi uma brincadeirinha utilizando o famoso GIF do ator John Travolta perdido.

Na ocasião, a marca utilizou o GIF para ilustrar como os usuários da Netflix ficam quando não conseguem decidir qual filme ou série assistir.

Marcas na internet - Projetual
Em seu twitter direcionado à América Latina, a Netflix faz piada com o GIF de Travolta. Imagem: reprodução / Exame.

Até aí, percebemos que a forma mais oportuna de utilizar os ícones da internet é através do humor na criação de conteúdo. É possível usar até esse poço de piadas que é o mundo das interações digitais para tentar contornar problemas e até se desculpar. E por que não?

Foi assim que fez recentemente o KFC, a rede de fast-food que trabalha primariamente com frango frito, que ficou, no mês de fevereiro, sem frango em seus restaurantes no Reino Unido. Apesar do grande problema – e gafe – que isso representa, a empresa lidou com a situação de uma forma bem humorada, explorando a ironia do próprio caso.

Marcas na Internet - Projetual
KFC ironiza a falta de frango em seus restaurantes com a piada da “Galinha que cruzou a rua”. Imagem: reprodução / AdNews.

 

Em um site da marca no Reino Unido, ela publicou uma imagem que dizia: “A galinha atravessou a rua, só que não para nossos restaurantes…”. Essa piadinha não “colaria” em um ambiente corporativo mais convencional, mas na internet ela é perfeita.

Sobretudo, a internet pode servir de termômetro para uma marca, especialmente quando se considera e conhece o público certo. A Havainas é um exemplo de caso, especialmente por causa da sua última parceria com a equipe de Formula 1 Force India.

Tweet Havaianas - Projetual
Em seu twitter oficial, a Havaianas elogia o resultado da parceria com a Force India. Imagem: reprodução / Twitter.

A questão é até engraçada. Muitos brasileiros na internet perceberam a semelhança de um componente dos carros de Formula 1 com os clássicos chinelos Havaianas. O halo, item de segurança que fica a frente do piloto, é bastante parecido com as tiras dos chinelos.

Depois de vários memes e piadas sobre o assunto na internet, a Havaianas foi lá e fechou parceria com uma equipe do torneio. As clássicas marquinhas diagonais da marca agora estão lá, estampadas no halo dos carros da equipe Force India.

Marcas na internet - Projetual
Carro de Formula 1 da Force India fotografado no último dia 23 de março. Imagem: reprodução / B9.

Seguindo a mesma oportunidade de patrocínio, a empresa britânica de chinelos Gandys também fez o mesmo nos carros da McLaren.

Essencial é conhecer o público

Não basta apenas ter boas ideias para esse jogo funcionar. É preciso conhecer seu público, sua persona, definir como se dará sua criação de conteúdo, entre outros fatores.

Construir autoridade e identidade de marcas na internet passa por diversos fatores, desde a criação de um site até a definição de estratégias para cada conteúdo específico.

Se você quer aprender mais sobre o assunto, dê uma olhada nos materiais didáticos que a Projetual tem preparado para ajudar as marcas a se desenvolverem no ambiente digital. Para mais informações e notícias sobre marketing digital, continue de olho aqui em nosso blog. Até mais! 😉


Por redação Projetual