conteudo-marketing-projetual

Se você já estudou marketing, possivelmente já se deparou com os 4Ps de Philip Kotler, certo? Produto, preço, promoção e praça fizeram parte do pensamento estratégico de inúmeros profissionais – na verdade ainda fazem, principalmente se pensarmos que eles ganharam mais três colegas com o passar do tempo: o processo, a perfomance e as pessoas.

No entanto, será que para estratégias digitais devemos ainda partir desses pontos? Defendemos que não! Porque agora, como afirma o título desse texto, para o universo digital de nada adianta um P se você não trabalhar antes o C, que é de conteúdo!

Inbound Marketing: o conceito da vez

Em linhas gerais, esta nova tática consiste basicamente em produzir e compartilhar conteúdo de qualidade, com a intenção de atingir um público-alvo específico, a partir de algumas estratégias de marketing digital. Ou seja, inbound marketing é qualquer estratégia que tem como objetivo cativar, conquistar, chamar a atenção dos clientes, em vez de comprá-las com facilidades de pagamento ou características do produto que, às vezes, nem existem de verdade. Ou seja, sem conteúdo você simplesmente não estará utilizando o conceito mais funcional do momento no quesito marketing digital. Acreditamos que esse não é o seu objetivo, certo?

Na internet, não adianta, você precisa chamar a atenção dos usuários e cativá-los a partir de uma estratégia que tenha como ponto principal o conteúdo. Seja no seu blog, na sua fan page, no seu Instagram, mas o seu possível cliente só será um cliente efetivo se você mostrar para ele a relevância do conteúdo que você produz.

Produção de conteúdo

Sempre afirmamos que produzir conteúdo é uma questão empática. Ou seja, antes de qualquer coisa você precisa compreender quem é o seu público e o que seria um conteúdo de qualidade para ele. Porque quando o assunto é marketing nunca escrevemos ou criamos para nós mesmos.

Por redação Projetual Comunicação.