Branding é uma das estratégias de marketing mais eficientes a longo prazo. Saiba como construir o seu a seguir!

Quem nunca associou por algum motivo o Natal à Coca-cola? E, nos últimos anos, quem não lembra do Nubank ao ver um cartão roxo? Isso significa que a gestão de marca, mais conhecida como branding destas empresas está dando certo!

Quando falamos de grandes empresas é mais fácil de as coisas acontecerem, obviamente. Mas, essa estratégia de marketing vem sendo utilizada há algum tempo por várias empresas, inclusive as pequenas.

Vamos então conferir neste artigo como trabalhar com o branding para sua empresa ser destaque entre a concorrência. Acompanhe com a gente:

Branding: o que isso significa?

Basicamente, branding trata-se de uma estratégia de planejamento para gerenciar e criar sua identidade visual. Com isso, você consegue fortalecer positivamente a impressão que seus clientes têm da sua marca.

No Branding, todo o conceito da sua marca é planejado e bem estruturado para que seus futuros clientes entendam a sua visão de mundo, o seu posicionamento no mercado, entre outros atributos. Esse trabalho gera uma maior visibilidade e relevância, assim como uma impressão influenciadora, deixando sua empresa de alguma maneira interessante aos olhos dos clientes.

Estamos falando de um trabalho de longo prazo. E, assim, sua empresa poderá gerar resultados aproveitando certos recursos de forma inteligente, influenciando também a impressão que seu público tem de você.

Construindo uma marca

Para manter-se e, principalmente, destacar-se no mercado, não basta ter um logotipo bonitinho. É preciso hoje construir valores, conceitos que nortearão a escolha do cliente.

Toda a experiência que o cliente terá com a sua empresa deve ser pensada do início ao fim. Desde a criação de um produto até os posts das suas redes sociais devem estar coerentes com esse “ser” que é a sua marca e que se relaciona com seu público.

É dessa forma que as grandes empresas garantem posições de liderança no mercado. Veja como a seguir:

Plataforma

Esse é o primeiro passo para começar a pensar no seu branding. Quem é a sua marca? Quais princípios este ser que é a sua marca acredita? O que ela irá trazer de diferente para o mundo?

Estas perguntas poderão te nortear a construir a plataforma da sua marca que são:

  • o seu propósito,
  • a sua promessa,
  • os seus atributos
  • e o seu posicionamento de marca.

Propósito

Por que sua empresa existe? Qual a razão de as pessoas escolherem comprar de você? O que você queria transformar no mundo ao criar a sua marca?

Geralmente esse propósito acaba se transformando até em um slogan. Por exemplo, o propósito da L’Oreal pode ser atender pessoas que se valorizam (em uma perspectiva de autocuidado) ou influenciar o pensamento de que elas podem se valorizar, com o slogan “Porque você vale muito!”. Consegue entender a relação?

Promessa

Quando falamos da promessa de marca queremos dizer que sua marca tem qual objetivo? O que você se compromete a entregar para o mundo?

O propósito diferentemente é um conceito mais interno que a promessa. Isso porque a promessa é algo mais alcançável. Por exemplo, uma empresa que quer levar sustentabilidade para o mundo por meio da captura da energia solar promete ao mundo que é assim que eles alcançarão este objetivo. Entendeu até aqui?

Legal! Agora vamos para a próxima fase do processo de construção do branding da sua empresa.


Atributos

Aqui é como você se mostra para o mercado. Sabe aquela autenticidade, aquele jeito único de fazer as coisas que só a sua marca tem? Estes são os seus atributos.

Resumidamente, as características essenciais da sua marca são os seus atributos. E isso influenciará tanto na sua comunicação quanto nos processos internos dos colaboradores.

Posicionamento

Quando já se tem definidos quais os seus objetivos e quais valores sua empresa quer entregar não só aos clientes, mas ao mundo, podemos iniciar a definição do seu posicionamento nas estratégias de branding.

Para isso, é preciso entender o mercado, entender os consumidores e o que ambos necessitam. Depois, você precisa analisar sua empresa internamente e perceber como você pode ser significativo para eles.

Identidade Visual

A identidade de uma marca é a etapa que mais se destaca no processo de branding. Afinal, todo mundo pensa que é só criar um nome e um logotipo que está feita a sua marca. Como vimos anteriormente, há outras etapas importantes.

Mas, sim, o seu logotipo é essencial para a identidade visual. Ele ajuda a dar um apoio na sua comunicação. Seja na escolha das cores, das fontes ou ícones, os elementos que você apresentar deverão estar de acordo com todos os processos anteriores e também serão uma das maiores lembranças que você deixará na memória dos seus clientes.

Tom e Voz

Outra parte importante na construção do branding é o tom e a voz da sua marca. A maneira que você se comunica com seus clientes deve ser muito bem pensada e coerente com seu público.

Um escritório de advocacia geralmente não se comunica com a mesma linguagem que uma hamburgueria do centro da cidade, não é mesmo? A criação de Personas pode te ajudar significativamente a pensar em qual melhor tom e voz deverá escolher.

O próximo passo é assegurar que tudo isso funcionará da melhor maneira possível. Para isso, conte com a nossa equipe especializada em marketing digital! Entre em contato agora mesmo, clicando aqui!