Empregar as técnicas de SEO é indispensável para ranquear seu site no topo dos sites de pesquisa

Como já abordado antes neste artigo (linkar: https://projetual.com.br/seo-para-iniciantes-conheca-os-primeiros-passos-para-indexar-seu-site/), SEO é o emprego de técnicas extremamente necessárias para o seu site ou blog. O Search Engine Optimization (ou otimização para mecanismos de busca) é basicamente um compilado de estratégias que tem como objetivo posicionar e ranquear – entre as primeiras posições – o seu site em buscadores como o Google (linkar: https://projetual.com.br/servico-de-wi-fi-gratuito-do-google-chega-ao-brasil/).

Essa estratégia vem sendo cada vez mais procurada pelas empresas, porque basicamente dispensa, ou pelo menos reduz a dependência, de um grande gerador de custos que são os anúncios em mídias pagas como o próprio Google Ads.  A geração de cliques acontece de maneira orgânica (e portanto gratuita) porque quando o usuário faz a pesquisa sobre o tema no Google o site otimizado com SEO tende a estar no topo.

Oferecer um SEO básico já é, a nosso ver, o mínimo que um desenvolvedor ou web designer deve entregar ao desenvolver um site ou blog. Isso significa que a maior parte dos sites empresariais já é pelo menos “pré otimizado”, de modo que uma utilização simples, o básico de SEO, não é mais suficiente para fazer uma melhora significativa na angariação de cliques orgânicos. Com o aumento da concorrência, mais estratégias precisam ser aplicadas.

Estratégias avançadas

Powerups

Termos ou palavras que ativem algum gatilho no imaginário do usuário são de extrema importância, porque levam-no a acessar o conteúdo instintivamente e aumentar o tráfego. O termo dado para essas palavras é “powerups”, que devem ser adicionados junto com as tags do título, para ficarem bem chamativas aos olhos de quem busca o conteúdo.

Algumas sugestões de powerups a serem utilizados são:

  • Guia!
  • Incrível!
  • Como fazer!
  • Passo a passo!
  • Pesquisa!

A dica principal aqui é tentar não tornar o título muito sensacionalista, como quando adjetivações como “loucura!” ou “surpreendente!” são utilizados. Isso porque se o usuário consumir aquele conteúdo e não tiver aquelas impressões, a imagem do seu site ou blog pode ficar manchada aos poucos. Não subestime: o Google é um algoritmo extremamente inteligente!

Livre-se das Páginas Zumbis

Páginas zumbis são aquelas que não geram tráfego suficiente no seu site ou blog. Elas tornam o ranqueamento menor e podem fazê-lo despencar unicamente por existir. Isso porque enquanto páginas bem acessadas ficam no topo da prioridade, essas aparecem nas últimas posições. A melhor sugestão a seguir neste caso é excluir todas elas. Ou o máximo possível, para que em vez de o seu ranqueamento ser mediano, ele se alavanque no topo sempre.

A explicação para que isso aconteça, segundo o Google, é que sites com conteúdo de baixa qualidade não são classificados, e páginas com conteúdo mais forte e cuidadoso são as preferidas para ranquearem o topo das pesquisas na plataforma. Diz a regra que “o que é bom para o usuário, é bom para o Google”!

Hummingbird

O hummingbird chegou como atualização do Google para resultados mais rápidos e precisos, buscando trazer mais avanços e melhorias para o sistema de buscas. O foco é o aumento da compreensão semântica nas buscas. As análises são feitas de maneira mais ampla para interpretar buscas independente da linguagem utilizada pelo usuário. Ou seja, foca-se a intenção do usuário em detrimento das palavras exatas.

Na prática, para quem produz conteúdo, isso significa ir além da palavra-chave, encaixando termos indispensáveis para explicar o assunto de maneira espontânea no texto. É preciso distribuir esses termos pelo texto. Também incluir palavras equivalentes para englobar de maneira mais eficiente as pesquisas no Google.

 

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o blog da Projetual (linkar: https://projetual.com.br/blog/) para mais novidades e informações sobre o mundo digital!