hashtags

Hoje vemos uma invasão das “hashtags” em campanhas publicitárias, em postagens de redes sociais, o que era somente um símbolo usado em algumas situações especiais se tornou uma sensação online. De maneira funcional, ele está presente em redes sociais como Twitter, Instagram, Pinterest, Google+, YouTube e mais recentemente no Facebook.

Hashtags são as palavras precedidas do símbolo #, que alimentam uma interação dinâmica onde é utilizada.

Foto: Reprodução/ Wix

Mas quando o assunto é publicidade, você sabe realmente usá-las de forma correta? Temos exemplos internacionais de bons usos dessa ferramenta, como o #allin, usado pela Adidas durante a Copa do Mundo e a #6secondscience, usada pela General Eletric.

Cuidado ao lançar uma campanha que use hashtags customizadas, elas podem ser usadas pelo público em geral, o que pode render comentários negativos para sua marca, como aconteceu com a #myNYPD, criada pelo Departamento de Polícia de Nova Iorque para os moradores publicassem fotos com os policiais. Mas ao invés disso, os cidadãos começaram a usá-la para publicar fotos e vídeos retratando casos de violência policial.

Foto: Reprodução/ ABC News
Foto: Reprodução/ ABC News

Utilizar palavras que as pessoas já estão acostumadas a usar pode ajudar a defender a experiência que sua campanha está tentando oferecer. Veja como seu público se comunica e o que ele gosta de publicar e promova essas ideias, isso pode dar voz aos consumidores. Hashtags usadas em campanhas não podem ser simplesmente esquecidas, elas devem ser gerenciadas para que continue a trazer atitudes positivas de seu público.

Você já participou de alguma campanha utilizando hashtags? Acha que essa ferramenta funciona ou ela pode gerar comentários negativos para a marca?

Fonte: Proxxima, Digaí, Wix.