Na metodologia inbound marketing e no marketing de conteúdo é comum vermos a afirmação de que uma boa estratégia faz com que o cliente encontre as informações que precisa, exatamente quando precisa. Para isso, diversos recursos são usados e hoje vamos falar sobre os planejadores de palavras-chave.

Importantes para a estratégia digital como um todo, as palavras-chave são uma espécie de localizador, de bússola para que o usuário encontre os resultados mais adequados para sua busca. Esse é exatamente o “pulo do gato” que potencializa campanhas, planejamentos, ideias e ações de marketing digital. A reputação e o caixa da sua empresa agradecem!

Então, para que você comece a colher os benefícios dessas ferramentas ou aperfeiçoe o que está em curso, selecionamos os sete planejadores de palavras-chave mais utilizados no mercado (entre gratuitos e pagos) e que apresentam os melhores resultados. Acompanhe as dicas e já veja como elas podem se encaixar na realidade de sua empresa.

Entenda o que são e para que servem os planejadores de palavras-chave

Antes de começar a trabalhar a ferramenta, é interessante que você compreenda o que são os planejadores de palavras-chave e quais as formas de atuação deles. As palavras-chave são direcionadores do conteúdo, elas resumem e indicam do que se trata o material. Elas são as ferramentas dos planejadores e é pelo uso delas que o conteúdo é “rankeado” nos sites de busca, como o Google e o Youtube.

Já os planejadores, são as plataformas que possibilitam a mensuração do acesso a essas palavras, ou seja, apresentam o volume de incidência de buscas daquela palavra ou conjunto de palavras específicas.

Em suma, são recursos que mostram qual palavra é mais requisitada pelos usuários e por meio desse levantamento, você desenvolve o que chamamos de conteúdo otimizado para SEO (Search Engine Optmization).

Veja as vantagens de investir em um planejador

Você deve estar se perguntando como essas ferramentas podem, na prática, proporcionar benefícios para sua empresa. Então, veja só os mais importantes:

  • leitura amigável para o Google: o gigante preza muito pela experiência do usuário e a qualidade do conteúdo é um dos parâmetros. O bom uso da palavra-chave faz com que o buscador entenda seu conteúdo como qualificado e de credibilidade;
  • campanhas de links patrocinados e ads em geral mais direcionados à persona do negócio;
  • mensuração das campanhas: é possível levantar dados e resultados mais apurados para avaliação de ROI, impactos e demais KPIs;
  • facilita a difusão de campanhas e materiais;
  • faz com que o cliente encontre seu site e seus serviços com mais facilidade;
  • potencializa os resultados das campanhas pagas.

Conheça as melhores opções de planejadores de palavras-chave

E como você vai colocar a mão na massa mesmo? Bom, é sempre indicado contar com o apoio de profissionais especializados. Contudo, algumas ações você já pode executar de maneira estratégica. E para tanto, vamos apresentar as ferramentas mais utilizadas e suas atribuições.

1. Keyword Planner

Esse é o recurso gratuito do Google e auxilia na gestão de campanhas de adwords. Além de direcionar as campanhas, é um bom indicador de palavras-chave para a produção de conteúdo.

É uma alternativa interessante para identificar as palavras e gerar insights, contudo, apresenta algumas restrições em relação às palavras de cauda longa (expressões e sentenças com mais termos).

2. SemRush

O SemRush é uma ferramenta paga e entre as disponíveis no mercado, é uma das que mais oferece detalhamento sobre a palavra-chave. É ideal para campanhas e ações minuciosas. Ademais, também disponibiliza uma boa análise de sites e posicionamento no Google.

Muito usado pelos profissionais do marketing digital, o SemRush tem um recurso muito atrativo, que permite ficar por dentro de métricas estratégicas dos concorrentes. A ferramenta é considerada completa e com alto índice de retorno. Embora disponibilize uma versão gratuita, é um investimento que vale a pena.

3. Keyword Tool

Considerada uma ferramenta amigável, o Keyword Tool possui uma interface com ótima usabilidade e é seu funcionamento é simples. Assim como o SemRush, oferece uma versão gratuita, em que já se pode testar as funções. Contudo, a versão paga é mais completa e apresenta mais possibilidade de captação e análise das palavras-chave e dos dados.

Temos aqui também um planejador de palavras-chave com um bom desempenho em relação às palavras long tail. O Keyword Tool apresenta ainda o recurso que permite completar a pesquisa automaticamente, como no buscador do Google, e assim revela as palavras mais buscadas, de forma bem simples.

4. Ubersuggest

Eis aqui uma ferramenta simples, de fácil navegação e gratuita. Assim como o Keyword Tool, apresenta ótimo desempenho em relação às palavras-chave long tail e funcionam também com o auto complete do Google.

Ele faz uma busca mais refinada que o Keyword Planner e mostra também resultados relacionados a imagens, notícias, vídeos, além dos textos. O Ebersuggest peca apenas em relação à competitividade das palavras.

5. Moz

O Moz oferece grande efetividade na apuração de dados e competitividade das palavras e recursos mais apurados. Isso o torna mais complexo e recomendado para profissionais da área de SEO.

A versão gratuita restringe muito as buscas, de modo que para aproveitar os benefícios, é preciso aderir à versão paga (em geral os planos têm um preço elevado). Entre os diferenciais do Moz está a pontuação das palavras.

6. Google Search Console

Temos aqui mais uma ferramenta disponibilizada gratuitamente pelo Google. Ela oferece alta precisão nas informações sobre as palavras-chave e os rankings. Com uma perspectiva mais da própria rede, não é recomenda para acompanhar os concorrentes.

Por outro lado, traz análises refinadas de volume, competição e taxas de cliques, engajamento e geração de resultados das palavras-chave.

7. Keyword eye

Esse planejador se destaca pela riqueza de seus recursos visuais, Com cores diferentes, figuras geométricas e desenhos, ela apresenta os volumes de busca, a sugestão de palavras e os demais dados levantados.

Oferece planos pagos e é interessante para apresentações e relatórios para clientes, devido a seu caráter simples para classificar e exibir resultados.

Além dos planejadores acima, é interessante investir em ferramentas que apresentam análises e informações a mais, ainda que não atuem diretamente com a palavra-chave. Um bom exemplo é a “Answer The Public”, que auxilia na elaboração de estratégia e proporciona bons insights.

Escolher a palavra-chave mais adequada não é nenhum bicho de sete cabeças e para isso, você precisa:

  • definir quais os pontos você pretende destacar em seu negócio e buscar as palavras coerentes;
  • avaliar o volume de busca e o preço por clique;
  • criar grupos e subgrupos de palavras-chave;
  • avaliar frequentemente os resultados e se for o caso ajustar a campanha.

E claro, contar com um dos planejadores de palavras-chave apresentados vai garantir eficiência e sucesso em suas campanhas e ações. E aí, já escolheu o seu?

É bom já escolher para que já inicie um trabalho mais consistente na produção de conteúdo adequado para o funil de vendas. Veja então sete exemplos de call to action para cada etapa do funil de vendas.