Se você busca se adaptar às mudanças, continuar ligado nas novidades do mundo tecnológico e se colocar à frente no mercado em que atua, fique ligado na migração e versatilidade que o comércio mobile carrega!

Também conhecido como m-commerce, o comércio mobile é uma modalidade de compras e vendas online efetuada via dispositivos móveis. Essa nova forma de comprar tem crescido graças à uma junção de fatores como: a popularidade dos smartphones, o aumento do acesso à internet pelos brasileiros e uma mudança no estilo de consumo das gerações atuais.

Portanto, empresas e marcas que buscam continuar atualizadas no mercado, devem ver esse aumento do comércio mobile como uma grande oportunidade. Com estratégias bem desenvolvidas é possível tornar sua plataforma de vendas cada vez mais responsiva, atendendo às necessidades atuais dos consumidores online.

A famosa geração Z 

Vamos começar analisando os principais compradores do universo online. Segundo informações do Sebrae, esse público é composto principalmente pela geração Z, que está chegando agora ao mercado de trabalho. Esse grupo chega a representar 31% dos consumidores em potencial, totalizando mais de 65 milhões de usuários. Conhecer suas características, portanto, pode facilitar no relacionamento e na comunicação das empresas nas plataformas mobile.

Para esse grupo as mídias sociais sempre foram e ainda são ótimos canais de comunicação, trazendo a chance de se conectar com o consumidor de maneira mais eficaz que os sites de vendas. Plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin disponibilizam a possibilidade de fazer anúncios responsivos e que conversam com diferentes públicos em dispositivos variados.

Vale lembrar que essa geração atual pode ser muito exigente, já que não se sentem mais atraídos apenas com formas tradicionais de propaganda. É uma geração que utiliza as redes sociais e confiam na opinião de pessoas conhecidas, ou até mesmo os famosos influencers, para fechar uma compra. Segundo um relatório do Google, cerca de 70% da geração Z que acompanha youtubers vê essas personalidades como pessoas mais relevantes e influentes do que as celebridades tradicionais.

Portanto, para atingir a geração Z é preciso que as marcas tenham presença online, busquem personalizar a experiência de compra de acordo com o perfil de cada consumidor e busquem estratégias como o marketing de influência.

Veja também: Millennials e geração Z: diferenças no hábito de consumo entre as gerações. 

Busque uma boa experiência mobile 

Os desafios do m-ecommerce não acabam por aqui. Os usuários esperam se deparar com experiências digitais cada vez melhores e mais rápidas, e o mobile não é exceção. Se você quiser proporcionar uma jornada omnichannel aos seus clientes, as plataformas devem se complementar e criar uma experiência tranquila de compra mobile por meio dos apps e sites.

O ideal é criar o site de sua marca ou empresa voltado para a experiência no celular, essa tendência vem sendo chamada de “mobile first”. A página web projetada deve funcionar bem na tela do celular, sendo amigável para quem entrar no site pelo computador. Parece um detalhe, mas muita coisa muda. A regra geral é: no celular, tudo deve ser intuitivo. Se a pessoa precisar procurar demais, vai sair da página e corre o risco de nunca mais voltar.

Ficou interessado? Continue lendo sobre campanhas de marketing voltadas ao mundo mobile aqui. A projetual está sempre preparada para te ajudar, estimulando o crescimento de sua empresa e abrindo um mar de possibilidades.

Com informações de ecommercebrasil.