Google agora permite que vagas de emprego sejam publicadas dentro de sua plataforma

Google agora permite que vagas de emprego sejam publicadas dentro de sua plataforma

Os nossos tempos digitais não trouxeram benefícios e ferramentas especiais apenas para empresas encontrarem novos públicos e se conectar com eles. Felizmente, já existem várias inovações que aproximam empregadores e pessoas à procura de vagas de emprego ideais para elas.

Há algum tempo vimos que o Facebook lançou a ferramenta Jobs, uma plataforma própria para divulgação de vagas de emprego. Agora, o Google seguiu uma linha parecida, mas de uma ainda mais ampla, com o Google For Jobs.

A plataforma já está valendo em diversos países, como Estados Unidos, Argentina, Chile, México, Colômbia, Nigéria, África do Sul, países da União Europeia e, claro, Brasil.

Como funciona para as empresas

Para as empresas interessadas em procurar candidatos através da plataforma, é interessante saber que ela funciona em diversas frentes.

Google For Jobs é integrado com outros canais de buscas e divulgação de vagas de emprego, como o Linkedin, e destaca as oportunidades de emprego já postadas nestes canais.

A plataforma se associou a canais bastante famosos para criar essa integração, fazendo com que as vagas postadas em diversos sites diferentes possam se integrar nessa plataforma. Para quem costuma postar vagas nesses canais (Catho, Infojobs, etc.), vale a pena entrar em contato para saber se já existe a integração.

Vagas de emprego com Google - Projetual

Ferramenta coloca vagas de emprego dentro do mecanismo de busca. Imagem: reprodução / B9.

Essa é uma forma de estar conectado ao Google For Jobs. Uma outra forma é colocar um plugin dentro do próprio site da empresa, que servirá tanto para divulgar a vaga quanto para integrar a mesma com toda a plataforma do Google, aumentando a visibilidade. Esta forma de utilizar a ferramenta é especialmente feita para as empresas que costumam utilizar seus sites próprios para postar vagas de emprego, sem recorrer às outras plataformas.

Para as empresas interessadas em colocar um plugin do Google For Jobs dentro de seus sites, é importante saber desde já que é necessário alterar o HTML do site, algo que um programador certamente saberá fazer. O próprio Google fornece um tutorial explicando como fazer isso.

Como procurar vagas de emprego com a ferramenta

Procurar vagas no Google For Jobs é, literalmente, procurar empregos no Google. Ferramentas de integração são necessárias apenas para empresas postando vagas de emprego. Para pessoas procurando oportunidades, basta pesquisar o cargo desejado no mecanismo de busca.

Se o usuário procurar, por exemplo, “Emprego de professor de inglês” no Google, uma janela específica aparece logo embaixo mostrando empresas próximas que possuem vagas aparecendo na plataforma. Confira nosso exemplo abaixo.

Procurando o cargo desejado, as oportunidades mais próximas aparecem em primeira mão.

Além do nome da vaga, o empregador e a localização, aparecem informações como há quanto tempo a vaga foi publicada, o período de trabalho e a estimativa salarial.

Clicando na vaga, o usuário é levado para dentro da plataforma For Jobs, onde ele pode visualizar vagas parecidas e saber mais detalhes sobre elas, além de procurar outras oportunidades em outras cidades e distâncias.

Vagas de Emprego no Google - Projetual

A ideia geral do Google For Jobs é colocar vagas de emprego à distância de poucos cliques, tornando a oferta e a demanda próximos uns dos outros, trazendo mais oportunidades para empregadores e interessados.

A ferramenta funciona tanto através do Desktop quanto dentro do aplicativo do Google em smartphones.

E aí, gostou da novidade? A Projetual espera que você consiga fazer bom proveito das novas funcionalidades, otimizando sua busca por novos colaboradores e colocando você em contato com novas oportunidades. 😉

Para mais informações, dicas e notícias sobre o mundo do marketing digital, continue acompanhando os canais da Projetual. Além do blog, também temos nosso canal no Youtube e Instagram. Até a próxima!


Por redação Projetual.