Os profissionais de marketing precisam estar ligados nas inovações do mercado, seja criando estratégias para estar sempre a frente dos desejos e necessidades do público ou ajudando a observar as novas tendências e identificar as que vieram para ficar.

Separamos para você as 8 tendências que irão impactar as estratégias de marketing digital este ano.

1. Omnichannel

O omnichannel é uma evolução do conceito de multicanal, ou seja, uma convergência de todos os canais utilizados por uma empresa, criando um sistema de comunicação unificado. Recursos online, redes sociais e apps mobiles funcionam em conjunto, tornando a interação do consumidor com a marca mais simples e contínua.

Com a integração entre lojas físicas, virtuais e compradores, o omnichannel tenta conectar o seu mundo físico com o digital, não havendo restrições de local, horário ou meio. Como exemplo, aplicativos móveis que combinam o layout do site com a temática interna das lojas físicas.

2. Chatbots altamente inteligentes

Você já deve conhecer os chatbots, programas de computador que permitem um atendimento automático, 24horas por dia, e funcionam através do mapeamento das dúvidas mais frequentes de seus clientes.

Mesmo que muitos usuários ainda não sejam tão fãs da plataforma, a tendência para os próximos anos é que os chatbots estejam por toda parte e cada vez mais inteligentes e responsivos. De acordo com um estudo da Oracle, 80% das empresas nos EUA já usam ou planejam implementar chatbots até 2020.

3. Mais vídeos online

A popularidade do conteúdo de vídeo continuará a crescer em 2019, por tanto, investir em vídeos de marketing continuará sendo bom para os negócios. Além disso, de acordo com uma pesquisa do Yahoo, as transmissões ao vivo vão dominar todas as outras tendências de vídeo online, em termos de crescimento anual.

O conteúdo de vídeos ao vivo se tornará mais amigável e autêntico, se tornando peça importante de marketing no YouTube, Facebook e Instagram. Para os usuários, a falta de tratamento e montagem diminuem o sentimento de distância para com a marca, além de suprir o desejo por precisão e autenticidade.

4. Uma melhor experiência mobile

Atualmente os usuários esperam muita rapidez e simplicidade de suas experiências mobiles. As plataformas devem se complementar, apresentar fluidez entre os conteúdos e abas, e principalmente, serem rápidas. De acordo com o Thinkwithgoogle, 53% das pessoas saem de sites cujos downloads demoram mais que 3 segundos.

Com o aumento do bombardeio de informações temos usuários cada vez mais exigentes. O foco das grandes marcas deverá ser em estratégias de marketing micro-momentâneo, ou seja, que ganhe a atenção do usuário rapidamente através de uma comunicação clara, precisa e que possa ser consumida em segundos.

5. A chegada dos serviços de voz

Você já deve ter percebido que a maior parte das grandes tendências envolve a praticidade, os serviços de voz não são uma exceção. Com a integração de serviços de voz ao mercado de marketing, teremos desde aplicativos de compras por voz à portais de notícias e entretenimento.

De acordo com uma pesquisa realizada pela ComScore, em 2020, 50% de todas as pesquisas serão de voz. Por exemplo, a loja de móveis e decoração H&M Home já possui um aplicativo que, em conjunto com o Google Assistant, dá conselhos sobre decoração e ajuda a encontrar produtos ofertados pela empresa.

6.  Mais conteúdos de realidade aumentada

Para quem não conhece, realidade aumentada (RA) é a integração de elementos virtuais ao mundo real, ela é realizada através de uma câmera e de sensores de movimento como giroscópio e acelerômetro.

Os profissionais de marketing incorporarão a RA em sua estratégia digital para oferecer experiências interativas e também como maneira de inovação na oferta de produtos e serviços. Campanhas de RA atraentes e informativas ajudarão as empresas a impulsionarem a notoriedade da marca em 2019.

A IKEA lançou em 2016 um aplicativo com AR, ele conseguia “posicionar” móveis virtuais em ambientes reais. Ao trazer esses produtos do catálogo da loja para a realidade você conseguiria visualizar o espaço de sua casa já com os produtos, aumentando as chances do usuário se interessar pelos mesmos.

7. A personalização do conteúdo será mais visada

Atualmente o comportamento do consumidor pode ser analisado, seus acessos e seus interesses são facilmente identificados, tornando mais fácil a personalização do conteúdo que é mostrado para o mesmo.

Com o avançar das tecnologias de Inteligência Artificial (IA), a personalização de conteúdo está cada vez mais fácil para os profissionais de marketing. Com ajuda de análises, baseada em IA, as marcas poderão antecipar as necessidades dos clientes e ajudar na personalização de conteúdo, e-mails e ofertas.

8. O crescimento de marketing influenciador (Digital Influencer

Todo consumidor se sente mais a vontade para adquirir um produto quando tem acesso a referências e avaliações do mesmo. Atualmente, os novos consumidores depositam menos confiança nos tradicionais anúncios de TV e mais em conteúdos autênticos, como o de influenciadores digitais e os famosos youtubers.

Para mais dicas de como utilizar do marketing influenciador na sua marca clique aqui. Não deixe de acompanhar a Projetual em nosso blog e nossos outros canais, como o YouTube e Instagram.

Com informações de Thinkwithgoogle e movimentoblackmoney.