Memória óptica: invenção permite armazenamento de 360 Terabytes

Há algumas (poucas) décadas, armazenar 1 Gigabyte de informação em um dispositivo era tarefa quase impossível – e exigia equipamentos grandes, pesados e muito caros. Atualmente, percebemos facilmente o tamanho da mudança: tornou-se comum abrigar 8, 16 ou até 32 Gb em um cartão de um centímetro.

Disco de 360 Terabytes

Foto: Reprodução / Inovação Tecnológica

Capacidade

O desenvolvimento de novas tecnologias associadas às possibilidades de armazenamento, no entanto, não para: pesquisadores das universidades de Eindhoven (Holanda) e Southhampton (Reino Unido) trabalham em um disco de 360 Tb – equivalente a 360 mil Gigabytes.

Resistência

Além da enorme quantidade de informação que poder ser gravada, o material suporta temperaturas de até mil graus celsius – e é descrito com uma durabilidade quase utópica: os cientistas garantes que o objeto pode durar mais que a raça humana.

Disco de 360 Terabytes

Foto: Reprodução / Extremetech

A composição descrita trata de nanoestruturas contidas em quartzo fundido, onde são inscritos os dados através de um laser de femtosegundo. Já existe, também, a busca pela viabilização comercial do projeto.

Fontes: Tecmundo, Estadão

COMPARTILHE: