Atualmente as plataformas de mídias sociais estão se tornando cada vez mais complexas, com mais recursos e tipos de conteúdo, além disso, as expectativas do público quanto ao conteúdo social estão em constante desenvolvimento. Com essas demandas crescentes, muitas equipes de marketing estão cada vez mais pressionadas na busca por estratégias sociais mais abrangentes e rápidas.

A partir da Sprout Social Index: Empower & Elevate, uma pesquisa realizada pela Sprout Social, foram levantadas algumas das maiores dificuldades encontradas pelos profissionais de marketing que buscam melhorar suas estratégias sociais e demonstrar o impacto de suas organizações com o suporte correto. Confira!

1. 47% dos profissionais de marketing de mídia social afirmam que o desenvolvimento de estratégias sociais que apoiem as metas gerais de negócios continua sendo o desafio número um.

Os profissionais de marketing social estão constantemente lutando para criar estratégias holísticas que suportem as metas gerais de negócios. As equipes de marketing social não apenas não atingem todo o seu potencial, mas também suas organizações perdem valor agregado. Quando as equipes sociais não têm tempo para compartilhar análises orientadas por dados e desenvolver estratégias, elas perdem a oportunidade de comunicar descobertas que tenham impacto em suas organizações.

2. 71% dos profissionais de marketing de mídia social dizem poder fornecer insights para outros departamentos.

Dados sociais são mais do que as contagens de gostos e seguidores – também revelam sentimentos e percepções, que podem ser transformadores para todas as áreas de uma organização. Mesmo que 71% dos profissionais de marketing digam que eles têm esses insights, apenas 39% dizem que lutam para demonstrar o valor do social em suas organizações.

Quando os profissionais de marketing de mídia social recebem os recursos e o suporte de que precisam, eles podem, por sua vez, oferecer suporte a outras equipes com esses valiosos insights do consumidor. Essas percepções são mais importantes do que nunca, à medida que os consumidores continuam a aumentar suas expectativas em relação ao que desejam das marcas sociais.

3. Para os consumidores que seguem as marcas nas mídias sociais, 67% dizem que são mais propensos a aumentar seus gastos com essa marca.

Uma conexão autêntica impulsiona é a melhor forma de impulsionar marcas. Com a estratégia social você constrói relacionamentos que colocam sua marca na mente dos consumidores na hora de gastar. Isso também os faz voltar, 78% dos consumidores dizem que recomendarão essa marca a uma família ou amigo e 77% a comprarão dessa marca em detrimento de outra quando forem acompanhados em redes sociais.

4. 53% dos consumidores seguem marcas sem consumir seus produtos, representando uma oportunidade perdida de aumentar a receita.

Embora um feed interessante e bem organizado possa atrair os olhos, os profissionais de mídias sociais também precisam se envolver com seus seguidores para formar relacionamentos. Para fazer isso, você precisa descobrir quais são as necessidades do seu público e estar pronto para se envolver e responder quando elas chegarem a elas –  elas marcando você ou não.

5. 50% dos consumidores seguem marcas para aprender sobre novos produtos ou serviços.

O conteúdo divertido e inspirador é excelente para criar a voz da sua marca e demonstrar a sua personalidade, mas as relações valiosas com os consumidores resultam da compreensão do motivo pelo qual elas dedicam tempo a seguir as marcas em primeiro lugar. A maioria dos consumidores quer aprender sobre novos produtos e serviços, enquanto 48% seguem as marcas sociais para se entreter.

6. 45% dos consumidores têm maior probabilidade de pesquisar um produto ou serviço quando os funcionários de uma marca publicam sobre esse produto ou serviço.

Conteúdo gerado por funcionários ajuda a criar confiança e reforçar as mensagens sobre sua cultura e voz da marca, que auxiliam na conversão de clientes. À medida que os clientes exploram postagens em torno de um produto ou serviço, a defesa dos funcionários ajuda a transportar os consumidores pelo funil, com base na narrativa de sua marca, com vozes exclusivas e confiáveis ​​de cada funcionário.

7. 45% dos consumidores dizem que gostariam de ver mais vídeos ao vivo.

O vídeo está se tornando um item obrigatório para o marketing de mídia social e, com as opções de transmissão ao vivo disponíveis em todas as principais redes sociais, não haverá um meio fácil para as marcas ignorarem esse recurso daqui para frente.

Embora o vídeo ao vivo tenha vantagens exclusivas, como a capacidade de ser mais espontâneo e menos produzido, ainda pode haver uma dificuldade para muitas equipes sobre como adicioná-lo à suas estratégias. Os insights do público-alvo específicos da sua marca são essenciais para determinar em quais plataformas você deverá concentrar seus esforços.

8. 40% dos profissionais de marketing de mídia social acreditam que grupos de comunidades privadas, como o Facebook e o LinkedIn, se tornarão mais importantes.

Grupos privados representam uma oportunidade única em que as pessoas se identificam como altamente interessadas não apenas em um tópico, mas também em sua marca: 46% dos consumidores ingressam em grupos privados especificamente para se comunicar diretamente com uma marca ou empresa.

Comunidades privadas como o Linkedin ou os Grupos do Facebook também permitem que os profissionais de marketing social obtenham insights aprofundados dos públicos mais apaixonados – dois terços dos consumidores participam de um grupo privado porque querem se conectar com pessoas semelhantes a eles.

E aí, curtiu as informações deste post sobre mídias sociais? Para saber um pouco mais sobre o assunto não hesite em entre em contato. A nossa equipe Projetual está pronta para te ouvir!

Veja o relatório completo aqui: SproutSocial.