Neuromarketing: como utilizar na sua campanha publicitária?

Neuromarketing: como utilizar na sua campanha publicitária?

A princípio, o Neuromarketing, que surgiu no início dos anos 90, é uma área que une conceitos do marketing e da neurociência. De maneira geral, trabalha com a influência que o cérebro exerce sobre as decisões humanas no momento do consumo.

Em outras palavras, utiliza as emoções para influenciar o comportamento do consumidor na etapa de compra.

Com base nisso, você já se perguntou por que seu concorrente conquista novos clientes a cada campanha? Ou por que aquela empresa leva multidões às lojas em cada lançamento?

Afinal, você já parou para pensar que a resposta para essas perguntas pode ser: Neuromarketing?

Ficou curioso sobre o tema? Vem com a gente e acompanhe o artigo de hoje.

Neuromarketing: como você pode utilizar no seu conteúdo

Acima de tudo, não basta o seu produto ser visto. Ele precisa criar sensações.

Dessa forma, o Neuromarketing é uma ferramenta que te auxilia nesse processo. É com ele que você vai saber como o cérebro do consumidor responde ao seu conteúdo.

Sendo assim, é com o uso dessa ferramenta que você descobre se a sua campanha publicitária despertou uma reação imediata no receptor ou se o conteúdo exige mais trabalho do cérebro para compreensão do material.

Assim, ao acompanhar os estímulos do cérebro e as emoções que a mensagem desperta, é possível criar estratégias mais assertivas e atraentes.

Neuromarketing na prática

Veja como sair da teoria e utilizar o Neuromarketing na sua campanha.

A seguir, você confere por onde começar.

Aposte na simplicidade

De maneira geral, a mensagem com excesso de informação tende a estimular áreas distintas do cérebro. De tal modo que leva mais tempo para a compreensão da mensagem.

Portanto, quando você desperta de imediato uma conexão com o público, a chance de ser escolhido no momento da compra aumenta. Ou seja, não arrisque em mensagens de difícil entendimento.

Evite postura excessivamente técnica

Definitivamente, é muito importante divulgar as características do seu produto ou serviço. Porém, você pode fazer essa apresentação de uma maneira diferenciada, sem o uso de muitos termos técnicos. Uma dica é divulgar seu produto como a solução. Não apenas como um objeto que está à venda.

Desperte emoções

Além de conteúdo informativo, sua campanha publicitária pode conter traços de humor, afetividade, alegria, etc. Dessa forma, aposte em um conteúdo que traga bem-estar e crie vínculo. Com isso, poderá gerar valor e credibilidade à sua marca. Pense nisso!

Escolha conteúdo visual correto

Uma boa identidade visual pode ser o seu diferencial. As imagens não precisam ser utilizadas apenas em manual de instruções. De fato, é fundamental para despertar a emoção do consumidor. Por exemplo, a imagem de um hambúrguer suculento não iria despertar a sua fome?

Confira empresas de sucesso que utilizam o Neuromarketing

Certamente, você conhece a Apple. Além disso, também deve ter lido notícias sobre a multidão que se aglomera nas lojas em dias de lançamento.

Ainda mais, a marca transmite ao público uma imagem de modernidade, destaque social e sucesso. A empresa conseguiu despertar paixões ao apostar na ideia de levar valor para a vida do consumidor. Não apenas um produto. É um belo exemplo de campanha publicitária que foca nas emoções do consumidor.

Outro exemplo é a Harley Davidson. O Neuromarketing está presente até mesmo no slogan da marca: “Experimente aquela sensação de moto nova”.

Nesse caso, a estratégia de marketing trabalha com a ideia de que ao adquirir uma Harley Davidson você não compra apenas uma moto. Você passa a ter uma identidade, passa a ter um novo estilo de vida. Ou seja, desperta a sensação de identidade e pertencimento.

Do mesmo modo, órgãos públicos também utilizam o Neuromarketing. É o caso da Prefeitura de Curitiba que aposta no humor para atingir o público. A estratégia de marketing foi abrir mão do conteúdo formal e utilizar expressões populares para atingir diferentes faixas etárias.

Conclusão

Por fim, você pode adotar o Neuromarketing na sua campanha publicitária sem medo. Afinal, ele possibilita criar estratégias mais envolventes tanto na divulgação do seu produto, como na melhoria do consumo do cliente.

Caso necessite de mais informações sobre o tema, estamos aqui para te ajudar. Entre em contato conosco.

Fonte: Imagem – Freepik.com