Photo by NordWood Themes on Unsplash

Ano passado, nós falamos aqui sobre a força do Facebook Ads e de como a rede social se manteve entre as maiores no mundo digital. Apesar disso, o site perdeu engajamento nos últimos dois anos, segundo dados da Activate Inc.

A matéria do B9 divulgou a pesquisa, que mostra as pessoas passando 26% a menos do seu tempo no Facebook.

No artigo de hoje, queremos mostrar as razões que fizeram a rede social perder tanta força e que outras estratégias de marketing digital você pode utilizar para posicionar melhor a sua marca.

Facebook… zinho

Não faltaram esforços do Mark Zuckerberg e companhia para que a empresa continue sendo a mais importante rede social de todas, tanto para as pessoas quanto para as empresas:

Mesmo com tudo isso, no entanto, os esforços parecem estar sendo em vão. Ficou difícil defender a companhia após os escândalos dos últimos anos e os acontecimentos alheios à empresa de Zuckerberg.

Os fatos que têm feito as pessoas passarem 5 horas mensais a menos no feed da rede são:

  • Vazamento dos dados e Cambridge Analytica;
  • Publicidade na política;
  • O desempenho escandaloso dos vídeos na rede social;
  • O aumento do uso de novas redes sociais, como o TikTok;
  • A estabilidade de engajamento em redes como o próprio Instagram, Twitter e Snapchat; e
  • A má repercussão da Libra.

Os dados corroboram essa indicação, e a diminuição no uso da rede pelos usuários é visível. Agora precisamos ficar ligados às estratégias que a corporação adotará para se recuperar do prejuízo.

No que cabe a nós, temos que entender as alternativas que já existem no mercado e estar de olho nas ferramentas que vêm surgindo. Continue a leitura para saber outras possibilidades que existem em marketing digital.

Alternativas promissoras no marketing digital

comércio no Instagram - Projetual

Como não somos dependentes do Facebook, é necessário observar outras formas de posicionar a nossa marca no mundo digital. Descubra!

Google Ads: você pode utilizar anúncios na gigante da internet através de um dos seus melhores produtos. Através do Ads é possível segmentar as suas campanhas de maneira muito precisa, otimizando o seu investimento e controlando o seu desempenho.

YouTube: 95% do total de usuários da internet afirma utilizar o website. É claro o crescimento do consumo de vídeos em outras redes sociais, sensação que reflete o crescimento do YouTube em 58% no que se refere a número de usuários.

Outras Redes Sociais

Instagram: apesar do número maior de usuários ser reservado ao Facebook, o Instagram é a rede social preferida das pessoas que utilizam as duas. A empresa alcançou 1 bilhão de indivíduos ativos e segue lançando produtos novos e atualizações, como o IGTV, o modo noturno e a função ”grupo” nos stories.

LinkedIn: apesar do baixo número de clientes, o engajamento e a autoridade que uma marca pode alcançar é imensurável. O tempo que as pessoas gastam no LinkedIn tem aumentado e ele pode ser uma ótima ferramenta para empresas que querem se posicionar como instituições sérias.

TikTok: o dado que mais choca os publicitários de plantão é o aumento exponencial no engajamento dos jovens que utilizam a nova rede. Em 2017, eram gastos nela, em média, 37 minutos por mês; nesse ano, já são 10 horas (número maior que o do Facebook).

Como é uma rede nova, as empresas ainda estão observando e entendendo o comportamento de uso, mas é bom começar a prestar atenção nessa novidade.

Produção de Conteúdo

No WordPress, pageviews alcançam a marca dos 24 bilhões, e 20 posts são publicados na plataforma a cada segundo. 18% dos internautas ainda utilizam o Tumblr. Vários produtores de conteúdo já passaram a utilizar também o Medium como espaço para posicionamento de marca.

São 3,7 bilhões de pessoas que usam e-mail, e 89% dos comerciantes disseram que o e-mail marketing é a principal ferramenta para gerar leads.

Se os números não te convenceram a investir em produção de conteúdo, não sei o que mais fará. São os fatos que comprovam que o blog e o e-mail estão mais vivos do que nunca.

Que tal fazer deles parte fundamental do seu planejamento estratégico?

Se a notícia da crise do Facebook te deixou apavorado, nós esperamos que essas informações tenham te acalmado. Afinal, existem tantas outras formas de ganhar o mercado digital!

Se você quer saber como, entre em contato conosco. Nós podemos te ajudar!