As grandes marcas enfrentam atualmente uma questão: se as necessidades dos consumidores atuais são mais complexas, porque os métodos de resolução ainda sãos os mesmos? Já não basta ter apenas um bom planejamento, uma execução excelente e equipe focada, é preciso entender o cliente.

Portanto, para realizar uma estratégia de marketing de sucesso você precisa lembrar que nada funcionará se sua marca não tiver o mais importante: a empatia com os consumidores.

Mas o que é praticar a empatia? No dicionário você encontraria algo como: se permitir entrar em contato com uma sensação que não é sua, sair da zona de conforto para, com paciência, deixar de lado julgamentos pré-concebidos e enxergar o mundo sob a percepção do outro. Para o olhar do marketing, se colocar no lugar do outro pode ser a chave de um bom produto/serviço.

Para você entender os benefícios que essas práticas empáticas podem trazer nas suas estratégias de marketing, preparamos algumas dicas para te guiar, seja com a criação de novos olhares dentro de sua empresa ou repensando os existentes.

Conheça a sua marca

Primeiramente, você precisa entender quem você é, como funciona o mercado ou nicho em que atua, os produtos que trabalha e os objetivos que quer alcançar como empresa ou marca.

Ao se questionar como marca e reavaliar seus objetivos, você ainda não começou a trabalhar com empatia, mas já será capaz de estabelecer metas e dizer se tem um produto “feito para o mercado”, ou não.

Quando você entender seu negócio segundo a visão de seu cliente, sua empresa não estará vendendo apenas produtos ou serviços, ela venderá soluções úteis e que farão de fato a diferença na vida do consumidor. Você estará criando um valor intrínseco a sua marca/empresa.

Para seu produto ser reconhecido como um solucionador de problemas, você vai precisar descobrir quais os benefícios, vantagens e atributos ele traz. É papel do marketing identificar os desejos e vontades do público para que seu produto possa ser elaborado com base nessas informações.

Veja também: Porque você precisa estar atento aos indicadores de desempenho.

Conheça seu cliente a fundo

Hora de desenvolver a persona de seu cliente alvo. Descreva quem é essa pessoa que compra seus produtos ou serviços, que os prefere e os defende, o seu cliente mais fiel. Com a definição de seu público-alvo, o que ele pensa, gosta, ouve, lê e diversas outras interesses, você conseguirá informações que ajudam a centrar a comunicação.

Outros fatores importantes de serem descobertos são: quais são as redes sociais que seu cliente ideal mais usa? No que essa pessoa trabalha? Ela usa uma linguagem mais séria ou descontraída? O que ela gostaria de saber mais sobre seu negócio? Quais são as dificuldades que ela encontra?

O próximo passo para realmente entender a fundo seu ciente é realizar pesquisas de público. Com essa prática você entenderá melhor com quem sua marca está tentando falar. Procure formular e aplicar pesquisas que vão fazer com que seu modo de ver essas pessoas seja de fato mais aprofundado.

Finalmente, a partir dos dados descobertos, seu negócio possui muitas formas para trabalhar o marketing. Lembre-se, para botar a empatia em prática é necessário fazer mais do que só conhecer suas personas, seu negócio deve enxergar a vida sob a perspectiva dessas pessoas. Muito mais do que compradores, os consumidores são indivíduos únicos.

Veja também: Design Thinking – como ele pode ajudar empresas.

Siga o exemplo de grandes marcas 

Como exemplo de marca que utiliza a empatia à seu favor, está a Dove. Ao longo dos anos a marca vem realizando inúmeras campanhas com o foco no amor próprio, buscando conhecer suas clientes, suas personas e desenvolvendo estratégias de comunicação extremamente eficazes.

Campanhas como “Escolha bonita” e “Retratos da beleza real” fizeram com que a Dove alcançasse um espaço no mercado como marca que se comunica de maneira eficaz e com empatia. Essas campanhas alcançam muita mídia espontânea de seu público por tocarem no que é necessário, inclusive conquistando prêmios como Cannes.

Com campanhas bem elaboradas trazendo temáticas como amor próprio, cuidado com o corpo e empoderamento feminino, a marca consegue criar um posicionamento, isso além de ajudar na aplicação a empatia de maneira mais fácil e verdadeira, aumenta o valor da marca para o consumidor ideal.

Marketing Digital precisam ter sensibilidade desde seu planejamento até a execução. Com a ajuda da empatia, sua empresa chamará atenção das pessoas pelos motivos certos. Entre em contato com a Projetual e descubra o que você pode fazer para aplicar a empatia nas estratégias de sua marca.