Saiba mais sobre a estratégia de marketing do futuro e os quatro passos essenciais para o seu sucesso

O conceito básico do inbound marketing é atrair o interesse das pessoas. Isso quebra as estratégias convencionais, que visam correr atrás do cliente através de propagandas e afins. Outro nome comum para esse modelo é Marketing de Atração. Historicamente as empresas visam tirar a atenção das pessoas do que elas estão fazendo para priorizar como um produto ou serviço é vantajoso de ser adquirido.

Tendo isso em mente e utilizando-se do ambiente virtual para mudar a forma de ver o comércio, o inbound marketing se baseia na criação de um conteúdo voltado especificamente para o público-alvo escolhido, para criar um relacionamento mais duradouro e estimular a fidelização do cliente. A comunicação é feita de forma direta, conquistando a permissão para se comunicar aos poucos. Ao invés de interromper a programação normal do futuro cliente, o objetivo e atraí-lo por meio de um conteúdo interessante e relevante para ele.

A partir deste conceito o cliente em potencial se sente mais a vontade com o tempo e com o relacionamento sendo construído, o que faz com que as pessoas impactadas se sintam confiantes em adquirir o produto ou serviço.

Benefícios do inbound marketing

O modelo de marketing que é mais conhecido por todos possui deficiências que não existem no modelo inbound. Por exemplo, o conteúdo inbound é direcionado para parcelas específicas do público que possuem mais chance de se interessarem pelo conteúdo. Ao invés de simplesmente atrair tráfego de pessoas que não tem a menor possibilidade de adquirir o conteúdo. Ou seja, o principal é a qualidade, e não a quantidade.

A aproximação com os clientes também é um dos pontos altos. Por haver a divulgação de um conteúdo que ajuda a pessoa ao invés de apenas empurrar qualquer produto para ela, a relação de confiança é criada. A interação constante também é uma das bases do inbound.

Quanto mais tempo leva para um ciclo de vendas ser fechado, ou seja, o tempo desde o contato inicial até o fechamento da venda, considerando todas as etapas. Um dos benefícios do inbound marketing é diminuir o tempo necessário para alguém finalizar a compra. Isso acontece porque, como o conteúdo é relevante e personalizado para quem o está consumindo, os leads são movimentados pelo funil de vendas e colocados mais cedo na etapa de decisão da compra.

O processo do inbound marketing em quatro passos

O processo de operação do inbound marketing para ser eficiente e útil divide-se em quatro etapas: atrair, converter, vender e encantar.

Atrair significa conseguir tráfego adequado e qualificado para os canais digitais da sua empresa. Fazer com que estranhos se tornem visitantes regulares e engajados é um dos principais passos para que o conteúdo relevante seja útil em alavancar as vendas.

Converter consiste no objetivo de atrair um número grande de visitantes e convertê-los o máximo possível em leads, ou seja, transformar os números que eles geram em oportunidades de venda. Depois disso, vender significa nutrir esses leads gerados e avaliar em quais estágios antes da finalização da venda o cliente está.

Encantar é entender que a sua relação com o cliente não termina após a venda ter sido efetuada. Isso porque é preciso gerar um engajamento póstumo para que o cliente se torne um promotor da marca, nem que isso seja feito na famosa “boca a boca”, e atraia, assim, mais clientes para o negócio.

 

Gostou das dicas? Fique atento ao blog da Projetual para mais dicas e novidades sobre o varejo digital!