Pitch: saiba como fazer uma apresentação de sucesso

Pitch: saiba como fazer uma apresentação de sucesso

Imagine o seguinte cenário: você tem um produto incrível e já possui uma carteira de clientes. Porém, agora o seu desejo é crescer, fazer com que seu empreendimento alcance grandes proporções. Entretanto, você não possui dinheiro para investir no crescimento da sua empresa. Nesse caso, você vai precisar correr atrás de possíveis investidores. É, justamente, nessa etapa que surge o Pitch.

O Pitch é a oportunidade de apresentar o seu produto ou serviço para investidores em potencial. É um pequeno intervalo de 2 a 5 minutos que pode mudar a sua trajetória empreendedora. É com o Pitch que você pode apresentar o seu negócio, divulgar as vantagens do seu produto e mostrar o seu diferencial. Dessa forma, é a chance de conseguir apoio financeiro.

Agora, acompanhe o artigo de hoje e saiba como elaborar um Pitch infalível.

Pitch: o que devo fazer?

No momento do Pitch, você deve utilizar todo o seu poder de síntese. Afinal, são apenas alguns minutos para apresentar as principais informações e diferenciais. Além disso, é o momento em que você deve ser persuasivo e transmitir segurança.

Para te ajudar na apresentação, faça um planejamento com as informações que não podem ficar de fora. Confira alguns exemplos:

Apresentar o seu produto ou serviço durante o Pitch

Em poucas palavras, você deve apresentar de forma clara o que você oferece. Exibir as características, o funcionamento e a razão do seu material ser uma solução. Acima de tudo, deve ter conhecimento técnico.

Mostrar a oportunidade de mercado

É necessário fazer uma breve exposição do mercado de atuação. Em síntese, você deve convencer que tem mercado e que o seu produto tem grandes chances de ser aceito pelo público. Em outras palavras, um Pitch deve citar qual é a oportunidade que existe para o seu negócio e comprovar que você possui a solução perfeita.

Explicar como aproveitar a oportunidade de mercado e trazer vantagens

Neste momento, é necessário explicar de maneira simplificada e objetiva como seu produto vai ser útil. Ainda mais, divulgar qual público será beneficiado. Sendo assim, divulgar quem terá as necessidades atendidas pela sua iniciativa.

Pitch e o foco nos diferenciais

Apresente qual é a inovação e diferencial que você traz para investidores e clientes. Por exemplo, se você desenvolveu uma forma de produção sustentável, e que não prejudica o meio ambiente, evidencie esse fato na sua apresentação. Afinal, você está em um momento de venda onde o investidor deve comprar a sua ideia.

Justificar o pedido de investimento

Após a apresentação das informações e diferenciais, você deve expor qual é o valor do investimento que você busca. É fundamental que você justifique o seu pedido e que demonstre como o investimento será utilizado. O valor solicitado deve ser fundamentado em pesquisas e projeções reais. Definitivamente, com números exatos, a possibilidade de conquistar um investidor aumenta.

Em síntese, não existe um modelo único a ser seguido. Você pode realizar adaptações em seu Pitch. Ou seja, pode direcionar a sua apresentação de acordo com o perfil do potencial investidor. Portanto, não precisa seguir um padrão ‘engessado’. Porém, sua apresentação deve ser planejada e não se basear em improvisações.

Conclusão

O Pitch é uma maneira infalível de expor seus objetivos a diferentes tipos de investidores. De maneira geral, ele possibilita que você divulgue sua empresa de forma clara e objetiva em poucos minutos. Por fim, o Pitch permite realizar apresentações mais técnicas e convincentes.

Fonte: Imagem – Freepik.com

COMPARTILHE: