Branding - Projetual

Quando uma agência de marketing digital começa a trabalhar com sua marca, o termo “branding” sempre surge. Sem saber o que envolve o processo, o empresário corre o risco de receber um trabalho mal feito. O processo vai além de uma mera criação de embalagem, por exemplo.

O que é o branding

Público, linguagem, região que está localizada, redes e plataformas em que está presente, entre outros fatores estão considerados quando falamos de branding.

Basicamente, ele se refere à criação de um posicionamento para a marca, uma espécie de “norte” daquilo que a marca representa, como ela se mostra para o público e qual a posição dela no mercado.

Desde a criação do logo, as cores da embalagem, o tom de voz nas palavras veiculadas, os influenciadores digitais escolhidos no marketing de influência, os textos para blog, tudo isso entra dentro das estratégias do branding. Tudo vai apontar para um objetivo delimitado.

Valor além do produto

Um texto da Resultados Digitais traz uma citação de Seth Goldin que é bastante importante para entendermos tudo: “Uma marca é um conjunto de expectativas, memórias, histórias e relacionamentos que, juntos, são responsáveis por fazer o consumidor escolher um produto ou serviço em vez de outro.”

Podemos pensar numa marca de sucesso para entender melhor. Vamos usar a Havaianas, empresa de calçados, como exemplo. Quando falamos nela, cada um acaba tendo uma relação mental especial que envolve lembranças, opiniões pessoais, atores de televisão lembrados por representar a marca e, claro, a frase “todo mundo usa”.

Branding - PRojetual
Propaganda da Havaianas. Imagem: Plugcitários.

Toda essa grande relação, que faz parte das estratégias da marca – no caso acima, da Havaianas – cria na cabeça dos consumidores um efeito de valor simbólico, um conjunto de conceitos e mensagens que fala de quem a marca é.

Podemos dizer, para resumir, que o branding é o principal processo responsável por fazer a marca ser lembrada de uma boa forma específica pelas pessoas.

Como escolher a agência certa

Quando o dirigente de uma nova marca pesquisa uma agência para fazer o projeto de branding da marca em questão, a primeira coisa que ele vai querer conhecer é o portfólio desta agência.

Se a agência já realizou este tipo de trabalho, ela certamente irá querer mostrar e explicar detalhadamente como tudo ocorreu. Assim, é possível sentir o que se espera da dedicação que ela dará ao trabalho requisitado.

Depois, é legal testar o conhecimento  e disponibilidade da agência sobre e o que ela pode oferecer especificamente para sua marca. Marcando uma reunião, é possível fazer uma série de perguntas sobre o que é e as vantagens de um processo de branding.

Se eles passarem no teste, agora é hora de analisar se a empresa contratada tem capacidade técnica para atender a marca. Uma boa direção de arte, um redator experiente e uma equipe de planejamento são fundamentais para fazer com que o conceito da estratégia de branding seja forte e, mais que isso, consiga chegar até o público de destino.

É um processo cuidadoso e demorado, que merece a atenção de todos os profissionais responsáveis por cuidar da marca. Se a agência escolhida for experiente, a marca certamente estará bem cuidada.

Quer aprender um pouco mais sobre como isso tudo funciona? Converse com a Projetual. Temos a nossa experiência a seu favor, que você pode conferir em nosso portfólio.

Caso queira acompanhar mais notícias sobre o mundo do marketing digital, aproveite e confira nosso canal no Youtube. Falamos não apenas do branding, mas de todos os outros processos importantes para construir uma presença digital.

 


Por redação Projetual.