Como vender mais com o WhatsApp?

O WhatsApp sempre foi uma poderosa ferramenta de comunicação, estreitando relacionamentos entre pessoas ao redor do mundo. No Brasil são mais de 120 milhões de usuários mensais, o que demonstra um potencial de vendas realmente relevante. 

Em tempos de isolamento social causado pelo Covid-19, o aplicativo tornou-se ainda mais essencial no dia a dia da população. E não apenas para manter o contato com amigos e familiares, mas também como uma forma de fazer com que os negócios respirem.

Com isso, a ferramenta passou a funcionar como uma espécie de vitrine comercial e por isso, trouxemos algumas dicas de como vender pelo WhatsApp de maneira simples, mas eficaz.  

As pessoas estão comprando mais on-line

Dados da empresa Compre e Confie, do grupo ClearSale, apontam que somente na primeira quinzena de março deste ano as vendas on-line registraram um aumento entre 30% a 40% em relação ao mesmo período no ano anterior. 

Alguns itens e segmentos se destacaram ainda mais, como é o caso dos produtos relacionados a saúde, que tiveram por si só um crescimento de 124%. Na sequência, alimentos e bebidas surgem com 30% e eletrodomésticos  com 27%. 

Se você está interessado em vender pelo WhatsApp, pode aproveitar esse momento de mudança nos hábitos de consumo para aumentar o faturamento.

Mas afinal, como vender pelo WhatsApp?

O WhatsApp Business deve ser seu melhor amigo

Você sabia que a ferramenta possui uma versão exclusiva para empreendedores? Conhecida como WhatsApp Business, a plataforma é voltada para pequenas, médias e grandes empresas. Com ela, você tem algumas funcionalidades a mais, que podem ser úteis para o crescimento do seu negócio. 

Uma das principais facilidades do Business é a possibilidade de incluir mensagens automáticas e personalizadas. Dessa forma, o seu primeiro contato com o cliente pode ser uma mensagem de boas-vindas, ou então oferecendo ajuda. 

Além disso, o WhatsApp Business garante muito mais credibilidade à sua empresa, principalmente se você verificar a conta. Com isso, você tem um canal de comunicação direto e rápido com os clientes e ainda mantém a confiança dele, que poderá verificar a conversa com uma conta real da marca. 

Foque na atração de pessoas realmente interessadas

O WhatApp Business pode ser uma excelente ferramenta para engajar os seus consumidores e com isso gerar mais vendas. Por isso, aqui a regra é: quantidade não é qualidade!

De nada adianta ter 1.000 clientes falando com você no aplicativo se somente 1 ou 2 compram. Esse tempo dedicado a quem não tem interesse poderia ser melhor aplicado em coisas realmente úteis ao negócio. 

Nesse sentido, a dica é usar e abusar da criatividade nos CTAs (“call to action” ou “chamadas para ação”), assim como trabalhar com segmentação. Redes de supermercado, por exemplo, disponibilizam o WhatsApp como uma forma dos clientes conferirem ofertas diárias. Para isso, a comunicação diz “Envie uma mensagem dizendo ‘quero receber as ofertas’”. 

Todos aqueles que enviarem a mensagem automaticamente podem ser considerados possíveis compradores, afinal, a ação partiu deles. E se você utilizar alguma ferramenta de integração ou automação de WhatsApp, poderá inserir essa pessoa em um fluxo de comunicação interessante.

Atendimento personalizado e ágil

Lembre-se de que o WhatsApp é, antes de tudo, uma ferramenta de comunicação. Manter uma conversação personalizada e rápida com o seu cliente é um dos passos mais eficazes para construir um bom relacionamento que pode ser convertido em vendas.

Se você está oferecendo a possibilidade de atendimento pelo app, precisa ter a certeza de que poderá atendê-lo no momento das suas necessidades, pois é isso que ele espera. 

Muitas empresas cometem o erro de sinalizar o WhatsApp como opção de compra, mas o cliente fica horas esperando por algum atendimento. E na era da informação, isso é um equívoco terrível. 

Além disso, trate todos os clientes como se fossem únicos e especiais. Nada de respostas rasas ou rápidas, apenas para se fazer presente. Para converter o cliente é preciso dar atenção a ele, entender suas necessidades, gerar proximidade.

Comece conversando com o cliente até sentir qual é a liberdade que ele dá. Alguns clientes não gostam de muito “blá blá blá” e preferem ir direto ao ponto. Outros se sentem mais confortáveis em estabelecer uma comunicação mais próxima e duradoura. 

Ofereça conteúdo e ofertas exclusivas

Usuários em geral amam descontos, não é? Um estudo do Google traz alguns insights relevantes sobre o dia do consumidor que podemos aplicar também em outras oportunidades. A pesquisa aponta que:

  • 53% dos consumidores buscam por frete grátis;
  • 15% esperam condições especiais de pagamento;
  • 12% preferem por pontos extras em programas de fidelidade; e
  • 20% priorizam ofertas como cashback, seguro/garantia estendida gratuita e descontos em serviços de assinatura.

Considerando esse cenário, aplique as estratégias ao seu WhatsApp também! Faça disso uma isca para o consumidor. Um bom exemplo é solicitar que os clientes enviem uma mensagem para garantir o desconto. 

“Entre em contato com a nossa equipe no WhatsApp XX XXXX-XXXX e envie o código #promocao para ganhar 15% de desconto na nossa loja.”. Que tal apostar em algo assim?

Use e abuse do catálogo

Como estamos falando em vender pelo WhatsApp, não poderíamos deixar de abordar os catálogos de produtos do seu negócio. A boa notícia é que desde o segundo semestre de 2019 os usuários brasileiros do WhatsApp Business já possuem acesso à funcionalidade de catálogo dentro do aplicativo. 

A ferramenta permite que os usuários vejam quais produtos sua loja oferece, quais estão disponíveis, o valor de cada produto e uma pequena descrição. Você também pode colocar um link no produto caso queira levar o cliente para a sua loja on-line, por exemplo.

Além de dar mais visibilidade aos seus produtos ou serviços, também garante maior agilidade na processo de decisão de compra dos clientes.

Gostou das nossas dicas de como vender pelo WhatsApp? Continue acompanhando o blog da Projetual para mais informações e conteúdos sobre marketing digital e comunicação.