Na última segunda-feira, dia 15 de junho, foi lançado o WhatsApp Pay, uma nova atualização que irá permitir que seus usuários enviem e recebam dinheiro através do aplicativo. O Brasil será o primeiro país a receber essa atualização, e as contas Business também poderão aproveitar essa característica.

Chegando nas próximas semanas em terras brasileiras, as transferências podem ser feitas utilizando cartões cadastrados com a função débito, mas cartões que tenham ambas as funções, débito e crédito, também poderão ser cadastrados. 

Já testado na Índia em 2018, o aplicativo contabiliza 120 milhões de usuários aqui no Brasil. Segundo o próprio WhatsApp, o país foi escolhido para receber essa atualização porque o aplicativo é muito utilizado, inclusive por pequenas empresas.

Hoje vamos explicar um pouco como o WhatsApp Pay funciona e como você pode usá-lo dentro de seu negócio.

Bora lá?

WhatsApp Pay: como funciona?

Inicialmente, apenas poderão ser utilizados cartões que possuem a função débito, ou que tenham ambas as funções, com as bandeiras Visa e Mastercard dos bancos Sicredi, Banco do Brasil e Nubank. Além disso, todas as transações realizadas via WhatsApp Pay serão processadas pela Cielo, parceira do aplicativo e também a maior operadora de pagamentos de débito e crédito dentro do país. 

Para que os usuários possam enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp, primeiro será necessário cadastrar um cartão na função Facebook Pay. 

No mesmo menu de envio de imagens e outros documentos, haverá uma função chamada “Pagamento”. Quando clicado, o aplicativo pede um valor e redireciona o usuário para a criação de uma conta e criar também sua senha numérica, com 6 dígitos. 

Depois, o usuário coloca seu nome, CPF e um cartão que esteja dentro dos parceiros do aplicativo. A verificação será feita por meio de um código que será enviado por SMS, e-mail ou aplicativo do próprio banco, o que impede o cadastro de cartões extraviados ou roubados. 

No seu canal do Youtube, o WhatsApp ensina através de vídeos como utilizar corretamente a versão Pay do aplicativo:

Usando o WhatsApp Pay em seu negócio

De início, as transações só poderão ser feitas dentro do Brasil e em real, havendo um limite de mil reais por transação e um teto de cinco mil reais por mês em transferências, sendo possível realizar até 20 transações por dia. 

Para as contas Business, será preciso ter uma conta Cielo para receber e solicitar pagamentos, tanto crédito quanto débito, oferecer reembolsos e obter suporte técnico. Apesar dos usuários normais não pagarem nenhuma taxa para as transferências, os comerciantes pagaram uma taxa fixa de 3,99% por transação. Mesmo com essa taxa, a vantagem é que o comerciante não precisará nenhuma taxa de aluguel de maquininhas. 

Leia também: COMO VENDER PELO WHATSAPP? DICAS RÁPIDAS PARA O SEU NEGÓCIO PROSPERAR

O WhatsApp também ensina direitinho como configurar sua conta business para receber o pagamento de seus clientes, confira:

De acordo com o diretor de operações global do WhatsApp no Brasil, Matt Idema, essa nova atualização ajudará os empresários a realizar vendas com facilidade, além de ajudá-los a se a adaptar a nova economia digital, apoiando o crescimento e recuperação financeira. 

Gostou dessa novidade? Com certeza essa atualização irá ajudar diversos comerciantes, ainda mais no momento em que nos encontramos. Continue acompanhando o blog da Projetual para mais informações e novidades para sua empresa.